❤ Um Blog para quem curte a maternidade com afeto. ❤

segunda-feira, 31 de março de 2014

Diário de fim de semana!!! Pre-pa-ra a caneta!!! S2

Recebemos da escola uma tarefa (que eu curti muito) de confeccionar uma espécie de diário de fim de semana!

Estou amando! É que eu faço aquele estilo de mãe que curte artesanato, cupcakes, folias e garatujas! :)

A idéia é a seguinte: toda semana a escola nos envia uma folha para contarmos algo de legal que aconteceu no fim de semana. Tem um espaço para escrever um texto e outro para colagem (foto, ingresso de cimena, folha seca... o que rolar...)

No fim do ano, todos os fins de semana estarão num diário que contará uma retrospectiva (com as folhas reunidas, bonitinhas e encadernadas).

Essa é uma idéia bem legal pra se fazer com os pequenos! Separar um momento no fim de semana pra conversar sobre o que foi feito, relembrar as coisas legais e ouvir da criança o que ela mais gostou!

Além de que nos incentiva a sermos mais criativos nos nossos momentos com os pequenos e ajuda a estreitar vínculos de afeto em família!

Fim de semana em Salvador com Vovô Paulo e Big!!










Bebê Pop/ Sexismo/ Parte 2

Brincar de ser pai! Que legal!

Não tem nada demais brincar com bonecas e com meninas!

O Bebê Pop, mais uma vez, deixa seu recado contra o sexismo!

O melhor mesmo é brincar e ser feliz!! :D

Sem apelos de rosa e azul!



(Mama)

sexta-feira, 28 de março de 2014

O desfralde ACONTECEU! Adeus fraldas! :D



Este foi o troninho que eu usei com minha filha. Ele é legal porque já vem com redutor de assento, que pode ser encaixado também no vaso sanitário.


Ái, gente, não preciso nem dizer que estou super-hiper-mega-blaster feliz, né?

O tão esperado desfralde chegou! Eu realmente estava esperando por ele há algum tempo...

Tentei o desfralde por 3 vezes, antes de ele realmente acontecer, e acabava desistindo, por perceber que ela ainda não estava preparada e que isso resultava num estresse muito grande para mim.

Era muito chato ter que ficar limpando a casa a cada xixi e cocô feito no lugar errado. Fora o tanto de roupa e pano de chão que acumulavam para lavar depois.

Agora, ela vai no vaso, nem sempre pede para ir, então, de temo em tempo, eu levo mesmo sem que ela peça para evitar os acidentes de percurso.

Na escola, estou contando com todo apoio da pró e, princialmente, da auxiliar de sala. A gente se comunica e faz da mesma maneira, sempre perguntando e levando a pequena ao banheiro.

Hoje, na escolinha, bati um papinho com a auxiliar e foram só elogios! "Ela está uma mocinha! Nunca mais precisou usar fraldinha! Tem usado o vaso numa boa!"

Aí a mãe fica toda contente, né? :D

Acredito que as tentativas anteriores serviram sim. Ela foi aprendendo, aos poucos, onde era o vaso, para que servia, se familiarizando com a novidade.

O que eu acho que ajudou bastante no nosso caso:

1-Mostrar o vaso com frequência;
2-Quando eu ía ao banheiro, levava ela comigo;
3-Quando ela fazia cocô na fralda, a gente ía junto jogá-lo no vazo, dar descarga e dar tchau do cocô (acreditem! rsrs)
4-Mostrar que o vizinho, da mesma idade, também já usava o vaso.
5-Uma bonequinha que tinha um peniquinho e soltava pum. (hilária! morro de rir com essa boneca!)
6-Um livro de Laura Gutman, na parte que fala sobre desfralde.

Ainda sobre Laura Gutman, essa mulher é fantástica! Como seu livro me ajudou no desfralde! Nossa!

Me ajudou a entender que não precisa pressa, que a criança tem seu próprio tempo, que, em geral, o desfralde tem sido antecipado, que o desfralde tende a acontecer na faixa do 3 anos, que muitas crianças ficam com traumas para o resto da vida por conta de um desfralde mal conduzido e tantas coisas mais que acalmaram meu coração...

E o que me auxiliou mais, lendo este livro, foi a sugestão de voltar atrás sim, se for o caso. Se a mãe perceber que não está no momento do desfralde da criança, voltar às fraldas até que ela se sinta segura para poder, em um outro momento, deixar de usá-las.

Dica do livro:
A maternidade e o encontro com a própria sombra de Laura Gutman. Coloquei uma imagem do livro, que é barato, viu? Menos de 30 reais nas lojas online.

Eu estou tão contente com esta etapa vencida, que eu falo para as amigas: _ parece até que eu ganhei na Mega Sena da virada!! kkkkkkk!!

Todo esforço é válido e toda vitória é recompensa! :D

Por aqui, seguimos contentes! Até a próxima!

(Mama)

quinta-feira, 27 de março de 2014

Como estudar com os pequenos na nossa cola! Rs! :D

Bom gente, todos já devem saber que eu estou na universidade novamente, cursando ADM agora.

Então, apesar de o povo falar que em Adm ninguém estuda ou sabe o que quer da vida, informo que a gente estuda sim e que tem muito texto pra ler, ok? kkkkkkkk (aos desavisados!)

A pergunta é: como estudar com as crianças por perto?

Não sou nenhuma maga do tarô pra ter todas as cartas na mesa, mas, durante minha experiência, tenho percebido coisas que funcionam bem e outras que, definitivamente, não funcionam para minha realidade.

O que não funciona:

1-Sentar no computador.
2-Deixar de dar atenção para ela enquanto estudo.
3-Estudar em horários em que ela costuma estar mais agitada.
4-Apenas falar que estou estudando e que agora não é o momento para atendê-la.
5-Deixar trabalhos e leituras acumulando para última hora.

Por que não funciona?

1-Sentar no computador, já deixa claro, que eu vou me isolar, então ela vem, puxa minha mão, chama pra brincar, senta no colo, chama pra beber água, chama pra fazer bolinhos na cozinha e lá vai...

2-Já entendi que, enquanto estudo, vou ter que dividir o tempo entre o computador, o texto e o que ela precisar. Vou atendendo, na medida do possível, o que ela me pede e volto para o estudo. Fica uma leitura meio quebrada, mas é a vida (de mãe!).

3-Se ela estiver agitada, é melhor eu nem estudar naquele momento (puro stress, tentar se concentrar e acabar perdendo a paciência). Melhor escolher outro horário mais calmo.

4-Tenho sim que falar com ela, explicar que estou estudando e que ela vai fazer outra atividade (assistir a um desenho, brincar com as bonecas, fazer rabiscos etc), mas falar apenas não resolve. Tenho que ir junto com ela, pegar o brinquedo, ficar um pouquinho junto com ela e depois explicar que está na hora de eu sair da brincadeira para poder estudar, mas que ela continuará alí brincando e eu estarei por perto (estudando). Tem que ter muita paciência e não ter pressa.

5-Ler com pressa e com uma criança no seu pé... não preciso nem comentar, né?

Mãe estudando com a cria no colo, enquanto ela assiste a um desenho educativo.


O que tem funcionado!!!! MARAVILHA!!!!

Segue a lista da salvação!!!

1-Procuro um horário calmo, sem a criança, para adiantar os trabalhos escritos e deixo as leituras para os momentos em que estiver com ela.

2-Negocio com o papai uma ajuda emergencial, caso precise de mais um tempinho para estudar (provas de exatas, por exemplo! rsrs)

3-A hora do sono é a hora do pulo do gato! A cria dormiu à tarde, corro pro livro!

4-Tem as horas bônus (se for muito urgente, urgentíssimo), que são as da madruga. Eu vou ser bem sincera, não gosto muito de perder meu sono, porque eu fico quebrada no outro dia, mas às vezes é preciso acordar mais cedo ou dormir mais tarde.

5-Contar com os amigos da faculdade! Bons amigos te ajudam, marcam trabalho em sua casa (porque sair com a cria pra fazer trabalho... é bem mais dificultoso, concordam? rsrsrsrs), ajudam na hora da divisão das tarefas e tals.

6- O que funciona muito bem para mim é: ter tempo e paciência... e me sentir sem pressa ou estressada. Tudo fica lindo com a pequena! Inclusive os estudos! :D

7- Ser maleável com as tarefas da casa. Se eu tiver que estudar, os pratos vão esperar sujos na pia, ok? Só lamento! (Gíria baiana)

Ah! Veja bem! Outra coisa que ajuda bastante, é não inventar de ter um blog ativo na internet! Hahahahahaha! :D

(Mama)




quarta-feira, 26 de março de 2014

Pagando a Língua! O antes e o depois da maternidade...




Conversando com uma grande amiga minha, que também é mãe, acabamos dando muita risada sobre o quanto já pagamos a nossa língua...

Chegamos a este tema, quando ela comentou comigo que, um dia no trabalho dela, uma criança começou a fazer aquela cena de birra e a sua colega comentou que se fosse filho dela, aquilo não aconteceria, porque ela daria umas boas palmadas. Minha amiga respondeu para a colega: você fala isso porque não é mãe!

Você fala isso porque não é mãe! Essa frase resumiu tudo, né? Ela nem precisou dar maiores explicações (do tipo: criação é com apego, bater não resolve, birras são naturais da infância, criança chora mesmo, filas e burocracias não combinam com criança e a Lei de Murphy existe etc.)

Então, eu fiz uma relação das pérolas que eu já ouvi por aí (cuidado! ignorância detectada! rs)

1-Essa mãe é uma Maria Mole!
2-Tem que bater agora pra polícia não bater depois! (o.0)
3-Deixa chorar que resolve!
4-Quando ela te bater, bata de volta e da mesma forma pra ela aprender como dói!
5-Lugar de bebê é no berço e pronto!
6-Criança que mama no peito não come direito!
7-Esta criança está muito gordinha, tem que parar a amamentação urgente!
8-Mãe que fica em casa estraga a criança!
9-Se fosse meu filho, ía ver quem manda!
10-Não se deve respeitar as vontades das crianças, elas ficam manhosas!
11-Filho meu jamais comeria (chocolate, iogurte, mingau, papinha industrializada etc)!
12-Mãe tem que entrar logo na academia, senão...
13-Criança não pode riscar parede, isto é sinal de indisciplina!
14-Não vou tirar nada do lugar, vou deixar tudo do mesmo jeito em casa e ensinar a meu filho que alí não se pode mexer e pronto!
15-Vou continuar com minha vida normalmente, deixar o filho com a babá e sair com os amigos à noite. Não tem mistério!

Poderia listar mais um milhão de coisas... As mães que estão lendo esta postagem, poderiam também fazer uma lista com muitas situações! (Já tou vendo algumas aí lembrando das suas pérolas!! kkkkkkkkk! Mandem suas listas pra mim que eu publico aqui, ok? Vai ser divertido!! :D)

Em resumo: uma mistura de falta de informação, com falta de empatia!

Ah! Lembrei que, desde a gravidez, a gente ouve pérolas, né? Aqui uma pérola da minha gravidez: Vamos colocar você no atendimento de linha de frente (presencial) da empresa, assim os clientes não vão reclamar da demora, com pena, por você estar com esse barrigão de grávida!! (o.0)

Éhhh, meu povo! Difícil! O jeito é se fazer de maluca, como diz um amigo meu! kkkkkkkkkkkk!!

Então, se eu pudesse, humildemente, dar uma dica aos não pais seria: sejam mais compreensivos e julguem menos. A mão amiga é a quela acolhe e não a que aponta! #ficadica

Depois que a tormenta passa, a gente escreve num blog as pérolas, se diverte e até ri do que o povo já falou conosco...

Para as mamães e papais de plantão, a dica seria: tentem não se aborrecer, tenham sempre um mantra em mente (fuck you! por exemplo! rsrsrs) e sigam de acordo com as suas verdades (que, normalmente, estão em conexão direta com a criança e em harmonia com a filosofia de vida da família).

E lembrando do tempo em que eu não era mãe, devo ter dito algumas pérolas dessas sobre birras (principalmente! e pagando muito minha língua hoje! rsrs). Com certeza, alguém (para não dizer: você! isso! você mesmo! rs) já cuspiu pra cima e, hoje, está recebendo a gosma bem no meio da testa! kkkkkkkkkkkkk!

Com bom humor vamos seguindo por aqui! Até a próxima! :D

Vídeo (Fuck You) do Cee Lo como sugestão de mantra: http://www.youtube.com/watch?v=-5kG8mPy7oY

(Mama)








terça-feira, 25 de março de 2014

Tiradas da Tchuca/ Fofinha e Fofona.

Durante aquele momento dengosinho, que a gente troca carinho...

Ela achou que ela era fofinha porque é
pequena e eu fofona porque sou grande (eu entendi assim...  rs)

Essa Tchca tem cada uma, viu?

Muito fofinha mesmo! :D

segunda-feira, 24 de março de 2014

Artes e Garatujas.

Resolvi colecionar as artes e garatujas que frequentam a minha casa.

Trata-se de mais uma dessas coleções de mãe (besta)!! kkkkkkkk!!

E você já sabe o que são garatujas?

São aqueles desenhos, rabiscos, traços infantis cheios de significado que os adultos não entendem...

Eu, particularmente, acho as garatujas lindas!

Mais do que indicado o site Garatujas Fantásticas (com garatujas diversas e algo mais!)
http://garatujasfantasticas.com/

Desenho de novembro de 2013- Ceci com 2 anos e 3 meses

(Mama)

Bebê Pop/ Brinquedos/ Sexismo

Hoje é dia dele! O Bebê Pop veio dar seu recadinho!!

Ele é Pop, ele é fôfo!

Ela é retada, ela manda seu recado!


O Bebê Pop é um bebê (unisex, ok? kkkkkk)

Seu recadinhos valem para todos e todas!!

Contra o sexismo e a favor da diversão sem limites de rosa e azul!

Falou e disse! Este bebê me representa!

Se ele te representa também, não deixe de compartilhar os recadinhos do #bebêpop nas suas redes sociais! :D :D :D




RG- uma pequena cheia de identidade!! :D

Adivinhem só quem já tem Carteira de Identidade?

Pois é! Fiz o RG da pequena!

Vai ser uma boa (ótima!) pra não ter mais que andar com Certidão de Nascimento (de papel, que suja, molha, rasga...) na bolsa, por aí!

Olhem que charme!! :D



sábado, 22 de março de 2014

Poetagem/ Para Sempre- Drumond

Poema de Drumond que diz toda verdade a respeito do sentimento de um filho sobre a importância de sua mãe.

Dedico este poema à minha Mamuska que foi tão especial, que já se foi e que deixou saudades.


Para SemprePor que Deus permite 
que as mães vão-se embora? 
Mãe não tem limite, 
é tempo sem hora, 
luz que não apaga 
quando sopra o vento 
e chuva desaba, 
veludo escondido 
na pele enrugada, 
água pura, ar puro, 
puro pensamento. 
Morrer acontece 
com o que é breve e passa 
sem deixar vestígio. 
Mãe, na sua graça, 
é eternidade. 
Por que Deus se lembra 
— mistério profundo — 
de tirá-la um dia? 
Fosse eu Rei do Mundo, 
baixava uma lei: 
Mãe não morre nunca, 
mãe ficará sempre 
junto de seu filho 
e ele, velho embora, 
será pequenino 
feito grão de milho. 

Carlos Drummond de Andrade, in 'Lição de Coisas'

Substitutos Legais/ Suco de maçã de caixinha.

Hoje, eu encontrei um suco de caixinha muito legal numa loja de produtos naturais.

Não encontro dele nos supermercados que frequento (que pena :/).

O preço foi de R$ 2,20 por 200ml (nada em conta).

Bom mesmo é o já conhecidíssimo suco natural da fruta feito na hora, como já sabemos... mas pra os dias de correria, temos esta opção mais saldável!

E pra levar no lanchinho da escola (de vez em quando, porque é meio caro... rsrs) também é uma boa, né?

Ingredientes: Suco de maçã concentrado, água e aroma natural de maçã.

Sem açúcar e sem conservantes!!! Maravilha!!

Mais informações no site que avalia alimentos, Fechando o Zíper: http://fechandoziper.com/bebida/suco-de-maca-yakult/


Obs: Não estou recebendo pra fazer propaganda. Heim? Rs
São sugestões de produtos que eu acredito serem bons substitutos! Apenas! :D

quinta-feira, 20 de março de 2014

Organizando a casa! Nova rotina para o Blog! CONFIRA! :D

Para o blog ficar mais organizado, criamos uma rotina (vamos ver se ela vai funcionar com tantas tarefas diárias: faculdade, estudos, casa e criança... tudo junto, mais o blog! Espero que sim!) :D


Segunda tem o Bebê Pop, com seu recadinhos fofos!

Terça tem Tiradas da Tchuca, com as frases mais engraçadas da pequena!

Quarta tem Gifs da Mama, com vídeos curtíssimos e engraçados sobre a vida materna!

Quinta tem Nham-nham, com alguma receita deliciosa, caseira, simples, saudável!

Sexta tem Substitutos Legais, dando sugestões de substitutos para comidas brinquedos, filmes, comidas (mais legais, educativos e saudáveis)!!

Sábado será o dia da Poetagem, com poesias da Lumen e de outros autores lindos que existem por esse mundão!

E Domingo é dia de #repost, para repostar algum texto mais antigo, mas que todo mundo gostou!! ;)

Esse é o planejamento, ok? Na medida do impossível! Vamos que vamos! :D

(Mama Lumen)




Gifs da Mama/ Yes!

Você se anima toda, solta um gritinho (Yes!) e o baby acorda... hahahahahha! Quem nunca? 

#mamalumen #gifsdamama #humor

http://makeagif.com/i/MSyn_H


video






Remédios, negação e um aperto no coração...

Tem sido muito difícil conviver com essa nova etapa de cuidar da pequena sempre doentinha. Meu coração de mãe fica apertado!!

Cada hora me aparece uma situação nova. Por aqui, já passaram febre alta, tosse (muita tosse mesmo), congestão nasal, dor de barriga, garganta irritada e, agora, torcicolo...

Depois que ela entrou na escolinha, estes episódios tem sido frequentes! E eu já esperava por isso, ok?!!

O grande problema em questão é: ela não toma remédio (de jeito nenhum) via oral. É um suplício!!

Como cuidar e tratar? Este não é o papel da mãe? Tem que dar remédio sim! Se vire! Tenha pulso! Aperta a boca, amarra os braços, ameaça... Já ouvi de tudo! E confesso, que já tentei isso aí também...

Mas é, sempre, muito fácil falar da maternidade alheia, de como o outro deveria agir... #sqn


Tenho lido de tudo sobre homeopatia, receitas caseiras e lá vai...

Já mudei o remédio, o sabor, de tradicional para natural, homeopatia... se for via oral... babou, entendeu?

Ela cospe, cospe e não engole (e ainda vomita, se for o caso... Que lindo, heim?)

Suja tudo, chora alto, demora para se acalmar... É um horror!

Eu me sinto, todas as vezes, uma incompetente! (INCOMPETENTE... um desabafo aqui... rsrs)

Esperando que isto seja uma fase dela e que passe logo!

Trabalhando meu emocional para lidar com o que, às vezes, não podemos controlar nesta nossa vida e na do outro! 

Tentado, a cada dia, num trabalho de formiguinha, mostrar para ela que remédio não é esse bicho papão todo!

E morrendo de inveja das mães que falam: meu filho ama tomar remédio... pede bis! rsrsrsrsrs! (sendo bem sincera!!! rs)

Por enquanto, estamos aqui em casa, de molho, eu e ela, esperando um tal de um torcicolo passar para ela poder voltar à escolinha.

MELHORAS! MELHORAS! MELHORAS, BABY!

É como diz aquele velho ditado: não esmorecer para não desmerecer!

( Aguardem as cenas do próximo capítulo... com fé, será tipo final de novela, tudo lindo!!! Assim espero!! rsrsrs)

:D (Mama)




quarta-feira, 19 de março de 2014

Bebê Pop/ Papinha natureba!

As papinhas naturebas são deliciosas, sem aditivos químicos e cheinhas de amor de mãe... Que delícia!

Cenorinha, batatinha, couve... hummmm...

Carninha, macarrão... delícia! E é bem verdade que as mamães SEMPRE acabam comendo um pouquinho, né não? rsrsrsrs!

Bebê Pop mandou seu recado!! Papinha natureba? Ha! Adoro! :D



(Mama)

Tiradas da Tchuca/ Remédio não!

Essa tirada da Tchuca é pra quem vivencia, como eu, a dificuldade de dar remédio aos pequenos...

Eu já fiz de tudo! Até promessa pros santos!! kkkkk

Rindo pra não chorar...


(Mama)

segunda-feira, 17 de março de 2014

Eu e ela. Mama and Tchuca. Mãe e filha... Nós duas!!

Eu resolvi fazer um vídeo de momentos meus com minha Tchuquinha. S2

Nunca tinha utilizado o Movie Maker, achei bem simples até... rs.. mas, gastei uma tarde inteira fazendo, ok? Coisas de marinheira de primeira viagem. Rs!

O vídeo ficou fofinho e eu amo de paixão esta música!! (Aquela música que a gente ouve 50 mil vezes no repeat, sabe?)

TOU PAXONADA...

Clique no vídeo aí em baixo e veja que coisa mar lindiann... S2


video

domingo, 16 de março de 2014

Mãe, Mãe, Mãe, Mãe, Mãe... (repeat 1.000x) #humor #vamosrirumpouco

É pra rir, tá?



O filho chama, chama, chama, chama e quando a mãe responde ele quer apenas dar um oi!!!



Qualquer semelhança com a vida real... :D



#humor #vamosrirumpouco





(Mama)



sábado, 15 de março de 2014

Substitutos legais/ Salgadinho.

Este tópico substitutos legais trará dicas de produtos que as crianças amam (comidas, brinquedos, filmes etc.) que podem ser substituídos por outros bem mais LEGAIS, SAUDÁVEIS e DIVERTIDOS!!

Apresente sua sugestão e ajude o blog a sempre ter um substituto legal para ser publicado!!

Será uma parceria boa!! Conto com vocês, leitores!! :D

A dica de hoje sugere a substituição do salgadinho (tão adorado pelas crianças).

Encontrei este salgadinho, na parte de produtos integrais/lights, de uma rede de supermercados local. Fica separado dos demais salgadinhos tradicionais (que pena!), escondido lá entre o açúcar mascavo e a granola... kkkkk!! :D

Aqui em casa, a pequena gostou.

O preço foi de R$ 3,48 e a quantidade do saquinho é de 35g (bem mais caro que o tradicional, né? :/ )

Obs: Vale ressaltar que não estou fazendo propaganda de marcas nem recebendo por isso (por enquanto... rsrsrs).

Segue foto com informações dos ingredientes:

Salgadinho Rozen da Okoshi.

Se desejar mais informações sobre o produto, aqui o site da empresa: http://okoshi.com.br/2014/

Repetindo, estou repassando sugestões de produtos substitutos que eu acredito serem mais legais e não estou recebendo din-din por isso, ok? (Quem sabe um dia... kkkk! E se, por ventura, houver um post patrocinado ele virá com selo informativo. Prometo! rs!) :D

(Mama)


sexta-feira, 14 de março de 2014

Tiradas da Tchuca/ Colar de Jesus.

Mais uma novidade no blog: Tiradas da Tchuca!

Elas mostrarão situações engraçadas e inusitadas vividas com a pequena!

Ah! Eu chamo minha filha de Tchuca, porque ela é uma tchuchuca muito fôfa mesmo! :D




quinta-feira, 13 de março de 2014

Mãe "moderna"de cidade do interior.

Mãe "moderna"de cidade do interior. É assim que eu me sinto.

Vou dar um depoimento, bem particular, de como eu enxergo a cidade onde eu moro (uma cidade tida como metrópole, mas com cultura bastante tradicional).

O que dificilmente será visto na minha cidade:

-Mães usando sling.
-Mães que amamentam em público.
-Famílias que saibam o que é parto humanizado.
-Famílias que saibam as principais orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria) sobre bebês e crianças pequenas- Higiene, amamentação, alimentação, segurança etc.


O que é visto com frequência:

-Bebês que logo entram na mamadeira.
-Bebês mamando leite artificial e de vaca.
-Relatos de partos "normais" dolorosos e com episiotomia e com ocitocina sintética e sem acompanhante em maternidades lotadas etc.
-Todo tipo de crendice a respeito de coto umbilical, soluços, nascimento de dentes, aprendizagem da fala e lá vai...
-Do jeito que a vovó fazia, assim fazem as mães, do mesmo jeito!!

Deu pra se ter uma noção, né?

Um dia quando me contaram que para o coto umbilical cair e o umbigo ficar "certinho" tinha que ser colocada uma moeda em cima do umbigo do bebê, eu quase tive um troço!! (Nessa hora, você não sabe se explica que é perigoso pegar uma infecção, se fica espantada, ou com raiva de fazerem isso com um bebezinho.)

É cada coisa...

Mais exemplos:

Para a criança falar mais rápido, dá um chá numa cuia de cabaça.
Para passar o soluço, cola uma fitinha vermelha na testa do bebê e bá-blá-blá.

Fora as questões religiosas, que eu não vou comentar aqui.

Eu me sinto aquela mãe, com muita vontade de compartilhar informações úteis, com embasamento científico, com respaldo de profissionais voltados para o tratamento de temas da infância (psicólogos, médicos, doulas, blogueiras ativistas da criação com afeto, nutricionistas etc.)

Não é fácil estar num deserto, o deserto da desinformação...

Vou conversando, aos poucos, com as mães que eu conheço, tentando desmistificar alguns pontos, combatendo tabus, num trabalho de formiguinha, bem longe do que deveria ser o ideal, sem muita pretensão, apenas com vontade de passar a diante uma informação útil, diferente, sei lá...

Então, na minha cidade, se eu uso sling, eu sou vista como uma extra-terrestre! Se eu amamento em público: Nossa, que horror! Se eu resolvi prolongar a amamentação até os 2 anos: Jesus, o mundo esta perdido! Se minha filha nunca tomou mamadeira: coitadinha desta criança! Se eu a deixo brincar com carrinhos e "brinquedos de menino": Que mãe sem noção!

É dose, viu? Vou remando contra maré mesmo... Certa de que estou certa!! kkkkkkk

Talvez por isso eu curta tanto a internet e os grupos de mães ativistas, empoderadas, que buscam informação, compartilham tudo de legal em que acreditam. Eu adoro!

Por isso, estou eu aqui, humildemente, com meu blog, curtindo e compartilhando a maternidade, do meu jeito, mas sempre buscando passar adiante algo de útil, de inspirador, de transformador.

Um abraço forte àqueles que me impulsionam
e que curtem o blog comigo!! Agradeço muito!! :D   (Mama)





segunda-feira, 10 de março de 2014

Gif/ Mães Piradas




Esse Gif é em homenagem a todas as mães que, no momento em que os filhos desobedecem, pensam: 


AH, É ASSIM ENTÃO??


Hoje é dia de humor no blog! :D



quarta-feira, 5 de março de 2014

Tudo junto e misturado (comidinha como faziam as vovós).

Eu andei pesquisando bastante sobre alimentação infantil, porque estava em busca de uma maneira de introduzir verduras e legumes na alimentação da minha filhota.

As dicas principais que encontrei são:

-Apresente os alimentos para a criança.
-Não misture os alimentos no prato.
-Faça refeições diferentes e coloridas.
-Deixe a criança participar, de alguma forma, na cozinha.
-Sentem-se juntos à mesa.
-Seja exemplo e coma também frutas, legumes, verduras etc.
-Prefira os alimentos naturais e menos processados.
-Seja persistente, mas sem traumas ou broncas!!!

Bom, estou neste caminho aí, buscando uma alimentação equilibrada para a família.

Uma coisa, contudo, ficou diferente do esperado: não misturar os alimentos no prato da pequena.

Funcionou melhor misturar tudo, essa que é a verdade (pelo menos no momento).

Quando eu colocava o pratinho lindo, todo dividido (feijão, arroz, carne, salada), reinavam o arroz e a carne. O feijão coitadinho... sem chance!! A salada... hahahahaha!!

Agora eu misturo tudo, faço aquela boa e velha gororoba baby (bem parecida com as do tempo das nossas avós... é... essa mesmo, lembra? Rsrsrs) e tem funcionado bem!!!

Feijão, arroz, caldinho, frango, abóbora, chuchu, farinha de linhaça, tudo junto!!

Fotos do antes e depois!!!

Antes...
Depois!!!


Em outro momento, tentarei ir separando os alimentos, para que ela possa diferenciar os sabores, conhecer as texturas e tals. Acho importante sim!!

Mas, confesso que estou bem feliz em saber que ela está comendo melhor, mais nutrientes, em maior quantidade do que antes, quando era tudo separadinho no prato!!


A vida é feita de adaptações, né? Sempre vale tentar uma forma diferente de fazer o que é certo!! :D (Mama)



O Bebê Pop!! Estreando nas paradas!! :D





Apresento a vocês o Bebê Pop!

Veio cheio de alegria nos mostrar do que os bebês gostam e jogar pro alto um montão de bobagens (preconceitos, tabus, intolerância etc) a respeito da criação com afeto!!

Há! Adoro!! :D

sábado, 1 de março de 2014

Levarei esse carnaval comigo. (2008)



Pelos sorrisos
Pela saliva seca.
Pelo cantar
Pelo grito eufórico.
Pelo encontro dos corpos.
Pelo suor no todo.
Pela multidão que se reúne.
Pelo calor que esquenta a alma.
Pela vontade de explodir em serpentina.
Pela vida que pulsa.
Pelas palmas e pelas mãos livres no ar.
Pelo clima de festa.
Pelo coletivo.
Pelo corpo que dança por si só.
Pelo ritmo, pelo som.
Por aquilo que faz vibrar.
Pela espera de um ano.
Pelo amor à felicidade,
é que sempre velarei esse carnaval comigo.

Paula Peixoto em 2008